Ultimos momentos em Blois #1

13 de Julho de 2012
Chailles, Vineuil – França


“Meu último dia com minha famille d’accueil. Acordei e logo fomos almoçar.

Meu ultimo almoço com minha famille d’accueil

Ok, menos melancolia. 

Tá. O almoço foi ovos mexidos com batata frita e bacon. Delícia! Depois tomei banho, me arrumei e fomos para a casa do Antoine, em Vineuil, comemorar seu aniversário de 17 anos.

O aniversariante

O aniversariante


Todo o grupo estava lá, menos o James, na verdade. Jogamos uno e dançamos no xbox. Até que foi legal; mais um aniversário bem diferente dos brasileiros. 

Pelo que ouvi, o grupo estava marcando de assistir a uma queima de fogos de artificio em algum lugar, mas acho que eu e Romane não iremos. Sabe como é, né? Ela odeia todas essas coisas. 

Se continuarmos mesmo em casa, daqui a pouco é hora de fazer as malas. Parto amanhã, às 9h. 

—————

Algum tempo depois de ter escrito isso, Romane apareceu no quarto e disse o diário “à la table!” com um sorriso no rosto.

E la fui eu; era hora do jantar.

Último jantar com a minha famille d’accueil” – era tudo que eu conseguia pensar

Sobre a mesa, um prato redondo com divisões onde encontravam-se variadas frutas a serem degustadas. Do lado direito, uma travessa com pedaços de melão. À esquerda, fatias de jambon e… Quanto parnasianismo, Laís! 

charcuterie

charcuterie


Vou confessar que fiquei um pouco frustrada diante de todas aquelas frutas. Ok, eu sei que é saudável e tudo mais, mas nunca fui amante de fruta e todo mundo sabe disso.

Pensei que o jantar se resumiria àquilo e comecei a pensar nos deliciosos biscoitos de chocolate que tinha guardado em meu quarto. Seriam minha salvação! 

Felizmente, Marie-Paule levantou e dirigiu-se a cozinha. Quando voltou, trazia nas mãos uma tigela com saucisses aux lentilles, mesmo prato que ela havia preparado no meu sexto dia em Blois e eu havia comentado que tinha amado. Quanta gentileza, gente! Sinceramente, achei muito fofo de sua parte dar ouvidos ao meu comentário e preparar este prato em meu último dia.

Para a minha surpresa, não houve a fatigante rodada de queijos, que maioria das vezes eu ficava só olhando. Eu juro que até tentei dar uma oportunidade aos queijos nos primeiros dias, mas não rola, gente; eu não gosto mesmo! Depois fiquei pensando: será que ela me ouviu comentar que detestava? Porque… Por que outro motivo exatamente no meu último dia não teria queijo?”

Fiquei realmente emocionada nesse momento. Tive vontade de eternizá-lo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s