4 letras: iPad!

05/01/2012 – Segundo dia em São Paulo: visita à IBM e workshops

Todos os dias o café da manhã estava pronto às 7 no refeitório do nosso hotel. Isso significava que eu tinha que acordar mais ou menos às 6 para comer com calma tendo em vista os seguintes fatos: nossos compromissos começavam cedo e era só um banheiro para três moças.

Foi assim no segundo dia. Acordei cedo, tomei banho, me arrumei e desci para o café. Vi na agenda que tinhamos uma visita à IBM programada, mas confesso que não sabia muito bem qual era a função, tampouco a importância dessa empresa, se é que era uma empresa! (lamente comigo a minha ignorância).

O ônibus estacionou em frente a um edifício enoooorme e quando o motorista puxou o freio de mão, soube que tínhamos chegado ao nosso destino final: A IBM. “Ó, deve ser coisa importante”- pensei cá com meus botões. E era!

Com quase 399 mil colaboradores em todo o mundo, a IBM é a maior empresa da área de Tecnologia da Informação (TI) no mundo. Lá se concentram os núcleos de criação, desenvolvimento e manufatura das mais avançadas tecnologias de informação da indústria, incluindo sistemas de computadores, software, sistemas de rede, dispositivos de armazenamento e microeletrônica. A IBM detém mais patentes do que qualquer outra empresa americana baseada em tecnologia, tem 15 laboratórios de pesquisa espalhados pelo mundo e cobertura (por intermédio de cientistas, engenheiros, consultores, profissionais de vendas, etc) em mais de 150 países.

Funcionários da IBM já ganharam cinco prêmios Nobel, quatro Prêmios Turing – o Nobel da computação -, dentre vários outros.

Em comemoração ao seu centenário, a empresa de TI resolveu fazer algo diferente: ao invés de uma grande festa, como maioria faz, a IBM resolveu beneficiar alguém. Foi então que surgiu a ideia de disponibilizar 45 voluntários internos que assumiriam a posição de mentores na missão d orientar os participantes do Programa Jovens Embaixadores.

E de que forma, Laís?

Pois bem, eles desenvolveram o MentorPlace, um programa online e seguro onde era possível a troca de arquivos e links. Dessa forma, os 45 voluntários que citei anteriormente poderiam interagir cada um com seu “mentorado”, orientando-o sobre hábitos e costumes da cultura americana, assim como dando dicas de preparação para a viagem. Boa ideia, não?! A minha mentora foi a Carla, daqui do Rio mesmo. Através do MentorPlace ela me ajudou muito no período pré-viagem. Obrigada, Carla!🙂

Então, voltando… Ao chegar na IBM, fomos recepcionados pelo Patrick Bertholdo, voluntário e líder do projeto de parceria, que nos guiou até o auditório. Lá assistimos a uma palestra muito dinâmica e interessante com Cézar Taurion, executivo de novas tecnologias da IBM Brasil, cujo tema principal era como novas tecnologias rompem barreiras e promovem o desenvolvimento educacional, cultural, econômico e social. Durante essa palestra, percebi que a IBM tem uma grande preocupação com a sustentabilidade de suas iniciativas.

OBS: Fiquei extremamente surpresa e feliz ao saber que o Centro de Operações do Rio foi desenvolvido com tecnologia IBM. Eles foram responsáveis pelo desenvolvimento do projeto Smart City instalando computadores e câmeras pelas ruas da minha cidade maravilhosa, câmeras estas que enviam imagens, mapas e previsões meteorológicas em tempo real para o Centro que é usado para prever eventos, gerar alertas e gerenciar crises na cidade. Com a proximidade de grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, o Rio de Janeiro vê o uso da tecnologia como forma de evitar alguns problemas que a cidade pode enfrentar – ou, pelo menos, agilizar a resposta dada pelos governantes para eventuais desastres que podem acontecer. Em abril de 2010, por exemplo, uma série de enchentes deixou mais de 15 mil pessoas sem casa – o projeto Smart City (cidade inteligente) ajudaria a prever os efeitos que as chuvas causariam na cidade e, assim, poderia contribuir para tirar a população das regiões de risco. DÁ-LHE, IBM!

Após a palestra com Cézar, nos foram distribuidos envelopes. O Patrick pediu para que não o abríssemos até que ele dissesse que enfim poderíamos abrir. A curiosidade era tanta que muitos dos jovens embaixadores já estavam colocando o envelope contra a luz para tentar descobrir do que se tratava (rs), afinal, isso não estava no script… Até que Patrick autorizou a abertura e… veja com seus próprios olhos o que estava escrito dentro:

… E nossas reações (poker faces) após ler isso:

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH, WE’RE FREAKING OUT

PS: Ganhamos, mas só receberíamos alguns dias depois, em Washington D.C!

Depois desse momento “freak out“, fomos divididos em dois grupos e seguimos para um tour guiado no IBM Solution Center. Esse tour tinha o objetivo de enfatizar e esclarecer a importância de profissionais na área da tecnologia da informação hoje em dia. Fato que alguns meninos que querem seguir carreira nessa aérea continuaram freaking out, enquanto todas aquelas codificações, máquinas, fios, etc davam um nó nas cabeças de maioria das meninas.

Depois de um “brunch” (breakfast + lunch), voltamos para o hotel para assistir a uma série de palestras. A primeira foi com o diretor do Espaço Educacional Educare, Carlos Eduardo Lins da Silva. Ele nos falou um pouco sobre o sistema governamental e de eleições nos Estados Unidos (descobri que lá as coisas funcionam de maneira muito diferente quando o assunto é esse último).

Logo após, tivemos um momento com o pessoal da Education USA que nos falou de algumas diferenças entre Brasil e Estados Unidos no que diz respeito a educação e cultura. Foi muito importante!

Em seguida emendamos num bate papo descontraído com jovens embaixadores de edições anteriores, que nos contaram um pouco sobre suas experiências nos EUA e falaram também sobre o pós programa; o que mudou na vida deles de lá pra cá.

Na sequência: jantar (dessa vez sem karaokê :() e… de volta aos quartos para começar a fazer as malas, afinal, no final do dia seguinte estaríamos rumo à “Terra do Tio Sam”!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s