Sobre o programa

Esse tempo todo falei sobre as etapas, as consequências delas, as expectativas etc, mas imagino que você, leitor, em algum momento deve ter se perguntado “mas o que é o programa Jovens Embaixadores em si?”, “O que você fará lá nos EUA?” , “Por quais cidades você passará?”, “Quais serão suas reponsabilidades?”.

Pois bem, escrevi esse post com o objetivo de responder maioria dessas perguntas e também visando informar e orientar quem pensa em se candidatar à seleção de 2013. Os dados que seguem foram retirados da página oficial de perguntas sobre o programa:

O que é o Programa Jovens Embaixadores?

O Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos — em parceria com os setores público e privado em ambos os países — que beneficia, com uma viagem de três semanas nos Estados Unidos, alunos brasileiros da rede pública com excelente desempenho escolar, que falam inglês, que pertecem à camada sócio-econômica menos favorecida, que têm perfil de liderança, que prestam serviço voluntário, enfim, que são exemplos em suas comunidades.

Quem apoia essa iniciativa?

O programa conta com o apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação – CONSED, do Ministério da Educação – MEC e da rede de centros binacionais Brasil-Estados Unidos.

Também apoiam o programa empresas do setor privado que realmente acreditam nessa iniciativa. São elas: Federal Express – FEDEX, Merck Sharp & Dohme, Dow Brasil S.A., Microsoft , Carlson Wagonlit Travel, United Airlines, Banco Bradesco e as Câmaras Americanas de Comércio de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Com o sucesso do programa e do papel social que ele promove, mais empresas estão se associando como parceiras. Esse ano a Embaixada conta com o suporte de mais dois parceiros: Nike e IBM.

Qual o objetivo do programa?

Criado em 2002, o programa busca beneficiar alunos brasileiros da rede pública que são exemplos em suas comunidades – em termos de liderança comprovada, atitude positiva, consciência cidadã, excelência acadêmica e conhecimento da língua inglesa. O principal objetivo do programa é valorizar e promover o fortalecimento da educação pública por meio desses jovens, transformando-os em modelos para seus colegas e a comunidade.

O que o programa oferece?

Os vencedores desse concurso viajam em janeiro para um programa de três semanas nos Estados Unidos. Durante a primeira semana, visitam a capital do país, seus principais monumentos, participam em reuniões em organizações dos setores público e privado, visitam escolas e projetos sociais. Após essa primeira semana em Washington, os participantes são divididos em sub-grupos e cada um viaja para um estado diferente nos EUA. Lá, são hospedados por uma família americana, assistem aulas e interagem com jovens da sua idade, participam em atividades culturais, de responsabilidade social e de empreendedorismo e liderança e têm a oportunidade de representar o país fazendo apresentações sobre o Brasil em diversas instituições.

A experiência de ser um Jovem Embaixador oferece a esses excelentes estudantes a oportunidade de expandirem seus horizontes ao mesmo tempo em que nos ajudam a fortalecer os laços de amizade, respeito e colaboração entre o Brasil e os Estados Unidos.

O que é preciso para participar no programa?

  • Ter entre 15 e 18 anos (candidatos não poderão ter mais de 18 ou menos de 15 na data da viagem);
  • Ter boa fluência oral e escrita em inglês;
  • Ser aluno do ensino médio na rede pública;
  • Pertencer à camada sócio-econômica menos favorecida;
  • Ter excelente desempenho escolar;
  • Ter perfil de liderança, iniciativa e boa desenvoltura oral;
  • Estar engajado por pelo menos 1 ano em atividades de responsabilidade social/voluntariado.


Como posso me candidatar ao programa?

A partir da data do lançamento do programa, acessar o Facebook dos Jovens Embaixadores para preencher o formulário online de inscrição e conhecer todas as fases do programa e os prazos.
Quais são as fases do Programa?
  • Fase I:
        • Os candidatos devem acessar o Facebook dos Jovens Embaixadores para preencher o formulário de inscrição online.
        • Caso o candidato preencha os pré-requisitos necessários, ele será selecionado para Fase II do programa.
  • Fase II:
        • Os candidatos selecionados para a Fase II deverão preencher o questionário online e enviá-lo, juntamente com toda a documentação comprovando os pré-requisitos, para a instituição parceira mais próxima da sua casa.
  • Fase III:
        • Notificação da instituição parceira (via fone, e-mail ou fax) sobre a sua seleção ou não para a próxima fase do programa.
        • Realização do exame escrito em local a ser definido pela instituição parceira.
  • Fase IV:
        • Notificação da instituição parceira (via fone, e-mail ou fax) sobre a sua seleção ou não para a próxima fase do programa.
        • Realização do exame oral em local e horário a serem definidos pela instituição parceira.
  • Fase V:
        • Notificação da instituição parceira (via fone, e-mail ou fax) sobre a sua seleção ou não para a próxima fase do programa.
        • Visita à residência do candidato para conhecer o local onde ele(a) vive e conversar com os pais sobre o programa.
  • Fase VI:
        • Notificação da instituição parceira (via fone, e-mail ou fax) sobre a sua seleção ou não para a seleção final, a ser coordenada pela Embaixada Americana.
        • As instituições parceiras enviam para a Embaixada Americana o dossiê completo dos seus três candidatos com as melhores pontuações em todas as fases anteriores;
        • A Embaixada Americana seleciona os estudantes que comporão o próximo grupo de Jovens Embaixadores.
  • Fase VII:
        • A Embaixada anuncia os nomes dos trinta e cinco novos Jovens Embaixadores.
  • Fase VIII:
        • A Embaixada trabalha com os jovens na preparação para a viagem.
  • Fase IX:
        • Os novos Jovens Embaixadores viajam para São Paulo para a entrevista de visto e a orientação pré-partida.
  • Fase X:
        • Os novos Jovens Embaixadores embarcam para os Estados Unidos.
  • Fase XI:
        • Avaliação do programa de 2011 e lançamento do programa de 2012.

Quem cobre os custos do Programa?

A Embaixada dos Estados Unidos e os parceiros do programa cobrem todos os custos de participação dos selecionados no programa. Esses custos são:

      • Passagens domésticas e internacionais de ida e volta para os Estados Unidos;
      • Orientação pré-partida;
      • Custos com a implementação do programa nos EUA (agenda de atividades, coordenadores, transporte local, etc.);
      • Hospedagem e alimentação;
      • “Seguro-saúde” para a viagem;
      • Auxílio para compra de roupas de frio.

Quais são as responsabilidades financeiras do Jovem Embaixador?

      • Custos com a emissão do passaporte (participante e/ou instituição parceira);
      • Dinheiro para gastos extras durante a viagem (compras pessoais, telefonemas cujos custos excedam o valor dado pelo programa, etc.)
Quando acontece o Programa?

De 4 à 29 de janeiro de 2011. O programa inclui 3 dias de orientação pré-partida em São Paulo e 3 semanas de programação nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s